2.4.16

CÃO SOLTEIRO . CICLO DE CONVERSAS

 
CÃO SOLTEIRO
PONTO DE GRAVIDADE
CICLO DE CONVERSAS ALEATÓRIAS COM INVESTIGADORES DE VÁRIAS ÁREAS

2 DE ABRIL A 7 DE MAIO
TODOS SÁBADOS ÀS 18H
Entrada Livre


Como tomamos decisões e o que é uma boa decisão? De que modo nos ajudam as gargalhadas enlatadas numa série? Trabalhamos em prol da posteridade ou procuramos a todo o custo despromover-nos e evitar ser lembrados? Como nos ensinam os jogos de computador a pensar? Quando devemos rejeitar a influência e a amizade de algumas pessoas? Estes são os temas do ciclo de conversas que se inicia no sábado, dia 2, às dezoito, no Cão Solteiro. 

2 ABRIL | 18h
DECISÕES | JOANA SÁ*

Todos os dias temos de tomar decisões, muitas das quais inconscientes. Inconscientes são também muitas vezes as decisões que são tomadas por nós. Mas o que quer dizer tomar uma boa decisão? Que tipo de informação é necessária?
Durante esta conversa iremos tentar convencer-nos de que saber fazer (algumas) contas é muito útil. E que o método científico nos pode ajudar a resolver questões tão fundamentais como: Valerá a pena fazer um desvio para ir a uma bomba de gasolina mais barata? E se a fila tiver 5 carros? Qual é a melhor altura do ano para procriar em Portugal? E na Indonésia?
Se tivermos tempo, também podemos falar sobre eleições, decisões políticas e tentar perceber se o Maduro está certo e se a CIA matou o Chávez e deu cancro ao Lula e à Dilma.

* Entrou para o Programa Gulbenkian de Doutoramento em Biomedicina e desenvolveu a sua tese de doutoramento na Universidade de Harvard, nos EUA. É coordenadora do Programa de pós-graduação Ciência para o Desenvolvimento e investigadora independente no Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) desde 2011, onde o seu grupo de investigação se dedica a perceber como utilizar o método científico para melhorar o processo decisório, principalmente em política.


9 ABRIL – 18h
GARGALHADAS ENLATADAS: QUE FELICIDADE!  | CATARINA MOURA*

Apesar de serem frequentemente associadas a sitcoms de fraca qualidade, as gargalhadas enlatadas nunca foram completamente afastadas da televisão: afinal, é um descanso sabermos quando temos que rir. Há nelas qualquer coisa de sociedade da produção, pelo menos em dois aspectos: a infinita reprodução do mesmo som maquinal (apesar de muitas vezes originado em audiências de pessoas), e a camada de felicidade que acrescentam aos programas. Alguns produtos televisivos recusam-nas, elas não estão na sua filosofia. Acontece no The Office (UK) porque, como nos explica o mockumentary de Ricky Gervais e Stephen Merchant, a vida não é assim tão engraçada.

* É licenciada em Ciências da Comunicação pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde fez ainda uma pós-graduação em Artes da Escrita e termina agora o Mestrado em Estudos Ingleses e Norte-Americanos. Ao mesmo tempo, é jornalista freelancer para o Público, na secção de Cultura.

16 ABRIL | 18h
FALSIFICAÇÕES EM ARTE | TERESA GONÇALVES*

Saber que uma obra de arte é falsa influencia a nossa opinião acerca dessa obra e tem consequências importantes na vida das pessoas que se interessam por arte.

* Nasceu, estudou e vive em Lisboa. É a autora de Fakes in Art (2013), edição da sua tese de doutoramento(FLUL). Interessa-se por cinema, estética, música e discussões em que problemas prosaicos dão origem a investigações improváveis.


23 ABRIL | 18h
A POSTERIDADE SEGUNDO ALEXANDRE O’NEILL | JOANA MEIRIM *

A conversa tem como ponto de partida as diferentes formas como os poetas lidam com as ambições literárias e como encaram a posteridade. Uns têm esperança de que a fama póstuma recompense os silêncios dos contemporâneos; outros parecem ter a certeza de que o futuro garante a sua celebridade, escrevendo uma obra como quem escreve uma carta à posteridade; e alguns desvalorizam a ideia de um plano que assegure a sua fama póstuma. É sobre este último grupo que a conversa vai incidir tomando como exemplo o caso do poeta Alexandre O’Neill. O projecto poético de O’Neill visa a despromoção de si e dos outros, fazendo poemas “sem intenção de publicidade” e considerando que a sua mortalidade humana e literária são uma e a mesma coisa.

* Doutorou-se em Teoria da Literatura (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa) com uma tese sobre diferentes maneiras de encarar a posteridade, estudando os casos de Jorge de Sena e de Alexandre O’Neill. É investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Cultura da Universidade Católica Portuguesa e professora de Português no Ensino Secundário.


30 ABRIL | 18h
A ARTE DE RECUSAR AMIGOS | MARIA SEQUEIRA MENDES*

Quando, em 1937, o livro How to Make Friends and Influence People foi publicado, ninguém esperava um grande sucesso de vendas. A obra de Dale Carnegie pretende “ajudar-nos a fazer amigos rapidamente e com facilidade, bem como a aumentar a nossa popularidade, influência e prestígio”. Mas serão estes propósitos desejáveis? Note-se que bons reis e heróis têm amigos fiéis, enquanto os vilões costumam ter e ser maus amigos (tantas vezes mascarados de pessoas afáveis). Os leitores de romances sabem que devem duvidar de algumas personagens assim que elas aparecem – como sucede com Long Silver John, em Treasure Island, cuja “silvered tongue” indicia perigosos traços de personalidade. A ficção é bem melhor do que a vida neste aspecto, dado que os nomes das pessoas que nos rodeiam não parecem revelar características particulares sobre a sua personalidade. Daí resulta a necessidade de perceber 1) em que consiste a arte de fazer amigos, 2) como distinguir amigos de inimigos, e 3) defender (contra Carnegie) que em muitos casos recusar a amizade e a influência de algumas pessoas é absolutamente imprescindível.

* É professora adjunta na Escola Superior de Teatro e Cinema. Doutorou-se no Programa em Teoria da Literatura, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. De momento, encontra-se a ler tudo o que encontra sobre lisonja para no futuro escrever um livro aborrecido sobre o tema.

7 MAIO| 18h
PLAYSTATION | NUNO FONSECA*

De Bertie the Brain (1950) ao Minecraft (2011) ou às mais recentes aplicações lúdicas para smartphone, sucessivas gerações de jogadores puderam crescer imersas em universos digitais revelados por ecrãs de raios catódicos e telas de cristais líquidos, onde podiam combater inimigos pixelizados, competir com algoritmos resilientes, representar personagens cintilantes em narrativas labirínticas ou gerar mundos de areia ubíqua, bastando para isso premir dois ou três botões, agitar um 'joystick' ou fazer deslizar os dedos em superfícies acrílicas. Essa experiência, feita de sensações visuais, auditivas e hápticas, de percepções e acções ergódicas, mas também de fluxos de energia libidinal e libertação de endorfinas, serviu para nos treinar em processos de pensamento e acção que contaminaram muitas outras esferas do nosso quotidiano, de tal modo que se pôde começar a falar, a determinada altura, de ludificação da cultura.
Nesta conversa propõe-se discutir recursos e processos lúdicos nas práticas artísticas contemporâneas que convocam e revocam as experiências estéticas dos jogos de computador.

* É investigador do Instituto de Filosofia da Nova e tem leccionado no departamento de Ciências da Comunicação da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, a disciplina de “Retórica e Argumentação” (2012-2014). Doutorou-se, em 2012, na Universidade Nova de Lisboa em Filosofia, na especialidade de Epistemologia e Filosofia do Conhecimento, trabalhando sobre questões de representação e de percepção.

Com o Apoio da dgARTES | REPÚBLICA PORTUGUESA Cultura
 

27.11.15

acolhimentos de dezembro


 22 e 23 dezembro | 21h
FREDERICO SERRA
DIAGONAL
Esta apresentação informal não tem texto descritivo.
Um performer, cerca de uma hora.
Entrada Livre.


 

 16 dezembro | 21.30h
 SILLY SEASON

CONVERSA-AMENA-COM-OS-SILLYSEASON-SOBRE-PRADO-DE-FUNDO

Quase a chegar ao fim de 2015, nós os SillySeason, convidamo-vos a participar num balanço final anual do que têm sido estes três últimos anos de trabalho e criação. Quais as ideias, métodos e formas que temos vindo a privilegiar, e todos os futuros projectos com que sonhamos. Uma conversa com especial destaque para PRADO DE FUNDO, o nosso mais recente projecto que conta com o apoio à criação da Direcção-Geral das Artes. 

Aproveitamos para agradecer a todos os que têm vindo ter connosco ao longo do tempo, por azar ou por convicção, e desejar-vos um Bom Ano de 2016!



 5 e 6 dezembro | 21h
 SARA LEITE

FOR MADMAN ONLY 1.0
THE ARTIST IS LONELY

reservas: 916 327 797
preço: 3€


.

19.11.15

em cena



 .

Cão Solteiro & Companhia Nacional de Bailado

MORCEAU DE BRAVOURE

um espectáculo com a colaboração de André Godinho
em cena no Teatro Camões

ÚLTIMO FIM DE SEMANA !
quinta, sexta e sábado | 21h
domingo | 16h






.

2.11.15

acolhimento: Ricardo Santanna


.
Projecto Vernissage & Ricardo Santanna
 
Vernissage II
 
Exposição Colectiva de Fotografia, Vídeo e Curta-Metragem 
5 a 8 Nov | 19h | entrada 2 €



 dia 5 / quinta
Curta-metragem Duarte Coimbra
Fotografia Marta Jesus

dia 6/ sexta
Fotografia Carlota
Fotografia  Patrícia Ferreira

dia 7/ sábado
Fotografia Alexandre Abreu
Documentário Rita Figueiredo

dia 8 /domingo
Curta-metragem Duarte Coimbra, Gonçalo Perestrelo e Ricardo Santanna
Vídeo Medalha d ́Ouro
Fotografia Rui Palm

.

30.10.15

acolhimento: Sónia Baptista /residência e apresentação

 .

Programação do Festival Temps D'Images 
DOIS ESPECTÁCULOS DE SÓNIA BAPTISTA

 sexta, sábado e domingo
30 e 31 Out | 1 Nov

In the Fall the Fox, e na Queda Raposar
no cão solteiro às 19h
.
A Falha de onde a Luz
no alkantara às 21.30h
.
lançamento do Livro do raposar
bar irreal | 24 out.
 

INFORMAÇÕES E RESERVAS
E-mail: duplacena@duplacena.com // T.+351 213 465 117 (dias úteis das 10h00 às 18h00)
Preço: 5,00 €
Bilhete em conjunto para os dois espectáculos da Sónia Baptista apresentados no TDI: 8,00 €

.



14.9.15

em preparação

.


Cão Solteiro & CNB

em ensaios de 
MORCEAU DE BRAVOURE


acolhimento


.
Plataforma285
residência artística
para construção de
RUN AMANDA RUN 




28.6.15

parceria com a STET - Livros & Fotografias

.

EDIT – feira de edições de Lisboa
27 - 28 de Junho | Sábado - Domingo | 14 - 20h
Galeria Monumental - Campo Mártires da Pátria, 101



através da parceria com a STET - Livros & Fotografia
à venda Cadernos de Texto e Cadernos de Imagens, edições do Cão Solteiro

 

19.5.15

Espaço do Tempo / Montemor-o-Novo



cão solteiro & afonso cruz
 ENCICLOPÉDIA: X
na

PT.15
Plataforma Portuguesa de Artes Performativas

5 de junho . 23.30h . convento da saudação




.

25.3.15



.

CÃO SOLTEIRO
na
 PECHA CUCHA NIGHT

28 de março .  22.30h  .  teatro cinearte/ bar a barraca


16.3.15

acolhimento


.

residência de criação / março

SÓNIA BAPTISTA


apresentação do projecto

a falha de onde a luz 
de sónia baptista com francisco goulão
24 a 27 março / 21:30h
rua das gaivotas / DNA
festival cumplicidades

foto, helena nogueira-silva



.

4.2.15

acolhimento

 .

oficina de cinema

os filhos de
LUMIÈRE

todas as quintas até 5 de março das 17h às 20h


A oficina FILMAR é um curso de iniciação ao cinema enquanto forma de expressão artística, destinado a professores, monitores e agentes educativos (e outros interesshttp://nblo.gs/13ceiYados).

mais informaç\ao:

 Telefone  213 460 164
Skype filhoslumiere
http://nblo.gs/13ceiY



.

6.1.15

2015

 .

Acolhimento

SESSÃO CONTÍNUA DE VIGILAMBULISMO
mil quatrocentos e quarenta minutos de leitura de poesia carmelita
 por Rosalina Marshal e Raquel Nobre Guerra

9 de janeiro às 21h

Entrada Livre


Vinte e quatro horas de leitura intensiva das obras completas de Santa Teresa de Lisieux, Santa Teresa de Ávila e Isabel da Trindade.


.

14.12.14

MANPOWER 2014


.

 19 Dez | 19h às 24h

RUA POÇO DOS NEGROS
  120

MEDALHA D'OURO

8.12.14

acolhimento:



Teatro Praga

CONFERÊNCIAS MITOLÓGICAS
de
André e. Teodósio  e  J.M.Vieira Mendes

8, 9 e 10 dez | 21.30h

marcações : producao2@teatropraga.com
91 219 19 40



.

Guimarães | Centro Cultural Vila Flor

 .

 Cão Solteiro & Vasco Araújo

ANTOLÓGICA
5 Dez | 22h





.

22.11.14

prolongamento de carreira


.
FESTIVAL TEMPS D'IMAGES 2014

SÓNIA BAPTISTA
IN THE FALL THE FOX

Cão Solteiro - Poço dos Negros 120
13 >15  +  15 >22 NOV |  21h30
+
dias 27, 28 e 29 NOV
marcações:
duplacena@duplacena.com 
21 346 511 77 

 

14.11.14


.

MÁS COMPANHIAS
TEXTO DE MARIA SEQUEIRA MENDES







4.11.14

Acolhimento:

 .

FESTIVAL TEMPS D'IMAGES 2014

SÓNIA BAPTISTA
IN THE FALL THE FOX

Cão Solteiro - Poço dos Negros 120
13 >15  +  15 >22 NOV |  21h30



.

14.10.14

Acolhimento: Ricardo Santanna



.


Artistas Convidados 

Medalha d´Ouro
15 Out: 22H00 
Elena Castilla
16 Out: 22H00 
Statt Miller
17 Out: 22H00 
AuéééU
18 Out: 22H00 
Ana Pontes Pontes
19 Out: 22H00 
João Ventura
22 Out: 22H00 
Sara Leite
23 Out: 22H00 
Pedro Sousa Loureiro
24 Out: 22H00 
Oli and Mary
25 Out: 22H00 
UmColetivo
26 Out: 22H00

De Quarta a Domingo, das 20.00 à 00.00, a entrada é livre das 20.00 às 21.00 apenas para visitar a exposição.  Entrada  5€ para Performances.





.

VERNISSAGE I de Ricardo Santanna

20.9.14

Acolhimento: Plataforma 285

 .

DRIVE - IN
26 Setembro 2014, às 21.30h

Cão Solteiro | loja | Poço dos Negos 120

Apresentação informal do processo de construção
do espectáculo MIMESIS MORTALIS
Lotação : 20 lugares
Entrada Livre

Informações e Reservas: 966 749 903 ou
plataforma 285@gmail.com








.


18.9.14

Próxima apresentação :


 .

ANTOLÓGICA
Centro Cultural Vila Flor
Guimarães

 dia 5 de dezembro








.

5.9.14

ANTOLÓGICA | fotos de ensaio



Estreia 4ª feira | 10 de Setembro









3.9.14

estreia

 .

CÃO SOLTEIRO & VASCO ARAÚJO
 ANTOLÓGICA

Teatro Municipal Maria Matos
10 . 11 . 12 . 13 . 16 . 17 setembro

video

Em DEZEMBRO
 no CENTRO CULTURAL VILA FLOR
GUIMARÃES


.

6.7.14

em preparação



Cão Solteiro & Vasco Araújo

ANTOLÓGICA

estreia em setembro no Teatro Maria Matos



.

28.6.14

HOJE



OLD SCHOOL #32 Igor Jesus
sábado, 28 de junho, às 22h*

com a participação especial de Bernardo Rocha

*sessões às 22h30 e 23h




.

28.5.14

chantier d'europe 2014


.
 ENCICLOPÉDIA : X


 FESTIVAL WEEK-END INTERNACIONAL À LA CITÉ
Théâtre de La Cité Internacional
 20 junho . 22h15 21 junho . 22h

.

Ver Mais : 
 
 



dia 20 | plateau de la coupole
 
 
 
dia 21 | maison suisse. salle le corbusier